01/08/2011

Um adeus que vai doer por muito tempo!!


Neste sábado tive que fazer uma das coisas que mais doeu no meu coração, levei minha cachorrinha para fazer eutanásia.

Há dois meses o centro de zoonozes passou na minha rua fazendo exames nos cachorros e detectou que a minha cadelinha estava com CALAZAR e que eu tinha que entregá-la para ser sacrificada. Fiz outro exame, li muito sobre a doença, descobri que o Brasil é o único país que ainda mata os animais com calazar, porque é muito oneroso cuidar dos animais. O animal apenas é uma vítima, não é o cachorro que passa a doença para o humano e sim o mosquito, mas somo obrigadas a entregar nosso animal de estimação porque as autoridades não tomam providências no sentido de disponibilizar vacinas e medicamentos para combater a doença.

Preferi levar minha cadela ao veterinário e fazer a eutanásia na clínica, depois de 9 anos ao meu lado ela mereceu uma morte digna. Foi muito difícil ver aqueles olhinhos me implorando para viver, me despedi dela em meios as lágrimas e agora ficou só as boas lembranças.

Agora chego em casa e não tem mais aquele rabinho balançando para me receber, aquela coisinha dormindo ao lado da minha cama e me acordando todas as manhãs me tocando com suas patinhas. Não terei mais aquela companhia ao meu lado quando eu estiver lavando a louça, nem aqueles olhinhos de ternura me olhando quando eu me ajoelha va para orar antes de dormir.

Doeu muito vê-la partir e ainda vai doer enquanto eu lembrar que no meu país os animais são tratados como coisas e que as autoridades não se importam com os nossos sentimentos, além da grande corrupção no meio político, que rouba nosso dinheiros ao invés de investir numa saúde pública digna.

16 comentários :

  1. Oi Núbia!

    Imagino como vc esteja sentindo... Muito triste isso...
    Mas é como vc disse, pelo menos deu uma morte digna à cachorrinha.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. flor, mas não entendi... ela estava sofrendo??
    Por isso tiveram que sacrificá-la??
    Que ela esteja agora no céu dos ossinhos...

    Beeeijooos

    http://re-becah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Amiga, nao gosto nem de imaginar o quanto foi dificil p/vc. Sabemos que amar os animais eh privilegio de poucos e nos que amamos esses pequenos super carinhosos, ficamos sem chao quando os perdemos.

    ResponderExcluir
  4. Posso imaginar sua dor, comigo aconteceu pior, eu esqueci e deixei minha poodle comer um ossinho, apenas um pequenino ossinho, que infelizmente foi fatal, minha cachorrinha só durou mais um dia... até hoje sinto sua falta. meus pesames...
    nathan3anos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Adoooorei o Blog meninaaa!!
    Já tô seguindo!!
    Passa no meu depois.
    Beeeeijos
    Mariela
    www.marielagirotto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Fabi querida, foi muito duro, ainda choro qundo lembro dela, mas me conformo em saber que ela teve 9 anos de vida feliz ao meu lado.

    ResponderExcluir
  7. Ow Jesus que triste que o Senhor te console! e dificil demais bichinho para mim e como gente

    ResponderExcluir
  8. ai que horrível!! vc precisa ser forte
    beijos
    likehappydream.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ah que triste flor, sei como é perder um bichinho tão querido pela gente por muito anos, mas foi melhor pra ela né?
    Adorei seu blog, to seguindo!
    http://apenasrhaysnake.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Ah meu Deus, senti tua dor, Núbia!!!
    De reente, sem perceber, esses serezinhos fazem parte da gente, da nossa rotina e tomam conta do nosso coração. Eu sou louca por bichos e trato meu gato como uma criança mesmo, pouco me importa o que dizem...
    Fico contente que pelo menos sua cachorrinha teve uma vida feliz ao teu lado, sendo amada e bem tratada. E que triste não haver um tratamento contra a doença. Esse nosso país às vezes envergonha...

    Beijão, fica bem!

    ResponderExcluir
  11. Muitas vezes os animais são mais racionais e mais companheiros que as pessoas... é uma pena viver em uma Cidade e em um País em que os animais são abandonados e tratados como uma praga!

    Sinto profundamente por sua perda.

    ResponderExcluir
  12. Olha amiga, eu sinto muito, sinto mesmo... e nem quero tentar me por no seu lugar... Tenho duas que sao minha vida... A Leide e mais velha, ja esta com 18 anos... isso mesmo 18 anos. Me da um trabalho danado, gasto horrores com ela... problemas de velho ne. E a outra tem 10... safada que so ela.
    Mas amiga concordo com tudo que vc disse ali em cima... So sei que se fosse comigo jamais faria eutanazia... nunca... porque na verdade nao existe lei que obrigue os donos a sacrificarem seus animais, e como vc mesmo disse, eles nao transmitem... conheço muiotos casos de pessoas que bateram o pe e conseguiram.
    Mas isso agora nao importa ne amiga... ela ja se foi. Sei que deve esta muioto triste ainda, ams eu acredito que os animais tenham alma sim, e ficam nos esperando...
    Vou achar um texto muito lindo que diz sobre a ponte do arco iris e te mando ta.

    Beijos amiga e posso nao comentar sempre, mas acompanho vc toda a semana

    ResponderExcluir
  13. Katiúscia querida muito obrigada por suas palavras, eu sinto muito a falta da minha filhota, mas a vida é assim, ela vai ficar pra sempre em coração. AInda estou me recuperano, tenho um cachorrinho para cuidar também, mas estou pensando em comprar outra cadelinha, mas isso depois, pq agora meu coração tá muito dolorido pela perda. bjs

    ResponderExcluir
  14. Djane9/12/11

    Estou com mesmmo caso, descobri hj q minha cachorra tb tá com essa doença, meu amrido e eu cjá choramos muito pq naum tem nd q possamos fazer, ja procurei uma boa clínica pra poder nos despedir dela como ela merece, retribuir tanto amor q ela nos deu.Estou com o coração partido, como vou conseguir?

    ResponderExcluir
  15. entendo sua dor , tenho um vc sabe é como um filho ... eles só faltam falar de tão espertos.

    ResponderExcluir

Pode comentar à vontade, se quiser manda também e-mail para: nubia2607@gmail.com



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...